21 de novembro: Memória Litúrgica da Apresentação Nossa Senhora No Templo

Apresentação da Santíssima Virgem Maria no Templo, aos três anos.

Memória

“Neste dia da Dedicação (ano 543) da Igreja de Santa Maria, a Nova, construída perto do Templo de Jerusalém, celebramos, juntamente com os cristãos da Igreja Oriental, a “dedicação” que Maria fez de si mesma a Deus, já desde a infância, movida pelo Espirito Santo, que a encheu de graça, desde a sua Imaculada Conceição.”

(Texto acima, extraído da Introdução ao dia 21 de novembro, da memória da Apresentação de Nossa Senhora, da Liturgia das Horas – Segundo o Rito Romano – Tomo IV, Tempo Comum, 18a – 34a Semana – Editora Vozes – Paulinas – Paulus – Editora Ave-Maria – 1999 – Segunda Edição Típica – pág. 1465)

Fonte da Imagem: Site de Frei Francisco

*************************

HINO

Salve, Mãe de piedade, 
Mãe de Deus, Mãe do perdão, 
Mãe da esperança, Mãe da graça 
E Mãe da santa alegria.

Salve, ó Virgem Mãe de Deus:
O unigénito do Pai, 
Que governa céus e terra, 
Quis nascer como teu Filho.

Deus, que Te fez sem igual, 
Vendo em Ti a humilde serva, 
Para Esposa Te escolheu, 
Ó bendita entre as mulheres.

Glória ao Pai que Te criou, 
Glória ao Filho que nos deste 
E ao Espírito por quem és 
Mãe de Deus e Mãe dos homens.

(Hino Do Oficio das Leituras – Liturgia das Horas – iBreviary)

*****************

SEGUNDA LEITURA

Dos Sermões de Santo Agostinho, bispo
(Sermo 25, 7-8: PL 46, 937-938) 

Acreditou pela fé e concebeu pela fé 

   Peço-vos que repareis no que diz o Senhor ao estender a mão para os seus discípulos: Estes são minha mãe e meus irmãos e Quem fizer a vontade de meu Pai, que Me enviou, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe. Porventura não fez a vontade do Pai a Virgem Maria, que acreditou pela fé e concebeu pela fé, que foi escolhida para que d’Ela nascesse a salvação entre os homens e que foi criada por Cristo antes de Cristo ter sido criado n’Ela? Maria cumpriu, e cumpriu perfeitamente, a vontade do Pai; e, por isso, Maria tem mais mérito por ter sido discípula de Cristo do que por ter sido mãe de Cristo; mais ditosa é Maria por ter sido discípula de Cristo do que por ter sido mãe de Cristo. Portanto, Maria era bem aventurada, porque, antes de dar à luz o Mestre, trouxe O no seio. 

   Vê se não é como digo. Passava o Senhor, acompanhado da multidão e fazendo milagres divinos. E uma mulher exclamou: Bem aventurado o ventre que Te trouxe. Ditoso o ventre que Te trouxe. E o Senhor, para que se não buscasse a felicidade na natureza material da carne, que respondeu? Mais felizes os que ouvem a palavra de Deus e a põem em prática. Por isso também Maria era feliz porque ouviu a palavra de Deus e a pôs em prática; guardou mais a verdade de Cristo na sua mente do que o corpo de Cristo no seu seio. Cristo é verdade; Cristo é carne. Cristo é verdade no espírito de Maria, Cristo é carne no seio de Maria; é mais o que está no espírito do que o que se traz no seio. 

   Maria é santa, Maria é bem aventurada. Mas é mais importante a Igreja do que a Virgem Maria. Porquê? Porque Maria é uma parte da Igreja, membro santo, membro excelente, membro supereminente, mas apesar disso membro do corpo total. Se é membro do corpo, é certamente mais o corpo do que o membro. A cabeça é o Senhor, e Cristo total é a cabeça e o corpo. Que mais direi? Temos no corpo da Igreja uma cabeça divina, temos a Deus por cabeça. 

   Reparai portanto em vós mesmos, irmãos caríssimos. Também vós sois membros de Cristo, também vós sois corpo de Cristo. Vede como o sois, quando Ele diz: Eis minha mãe e meus irmãos. Como sereis mãe de Cristo? Todo aquele que ouve e pratica a vontade de meu Pai que está nos Céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe. Quando diz «irmãos» e «irmãs», fala evidentemente da mesma e única herança. 

   É uma só, na verdade, a herança. Por isso, a misericórdia de Cristo, que sendo único não quis ficar só, fez de nós herdeiros do Pai e herdeiros consigo.

Oração

   Ao celebrarmos a memória gloriosa da Santíssima Virgem Maria, nós Vos pedimos, Senhor: concedei-nos, por sua intercessão, que mereçamos participar da plenitude da vossa graça. Por Nosso Senhor.

V. Bendigamos o Senhor.
R. Graças a Deus.

(Do Oficio das Leituras – Liturgia das HorasiBreviary

*************************

Dia 21 de novembro

Deus Todo-Poderoso e sempre vivo, hoje, nós honramos a memória da Virgem Maria, cuja vida escondida traz luz e calor para a Igreja em todos os lugares.

Sua apresentação no templo em Jerusalém revela-a como um Templo onde Deus verdadeiramente vive entre nós.

A exemplo de Maria, que nos dê a força para irradiar a luz e o calor para a Igreja, e a ajude estar habitando locais da presença alegre de Deus na terra. Pedimos em nome de Jesus Cristo nosso Senhor que vive e Reina convosco e com o Espírito Santo, agora e para sempre. Amém!

  • * De acordo com a tradição da Igreja Oriental, quando Maria tinha três anos de idade, Joaquim e Ana levaram-na para o Templo, para que Ela pudesse ser Consagrada ao Serviço do Senhor.
  • As Tradições, dizem que eles convidaram as jovens da cidade a andar antes dela com tochas acesas. Assim que eles chegaram no Templo, Maria, sozinha e sem a menor hesitação, subiu os degraus do Santuário onde ela deveria permanecer, viver na contemplação de Deus, e milagrosamente alimentados pelo Arcanjo Gabriel, até o dia que ela desposada com José, pouco antes a Anunciação.
  • O tema da festa é uma Imaculada Maria, o Templo do Deus vivo, é oferecido para o Todo-Poderoso em sua Casa Sagrada em Jerusalém. Este dia testemunha o vínculo entre a palavra e a Virgem predestinada na eternidade: este dia é a nascente de todos os seus privilégios.
  • Uma visão mais histórica é que a festa tem origem em Jerusalém em 543.
  • No rito latino, demorou muitos anos para a festa ser amplamente aceitos. 
  • Ele entrou para o calendário ocidental em 1585.
  • Hoje, a festa comemora o reconhecimento de Maria como um templo em quem Deus habita.
  • De uma maneira muito especial, a Santa Virgem é ela mesma um Templo Sagrado, quando ela concebeu o próprio Filho de Deus em seu Ventre Imaculado, ela se tornou um verdadeiro Templo do Deus verdadeiro.
  • Quando ela adorava a Palavra de Deus em seu coração (ver Lucas 02:19, 51), amava tão ardentemente a Cristo, e manteve fielmente a sua palavra, o Filho e o Pai Dela vieram  e fizeram a sua casa nela, conforme a promessa do Senhor (ver João 14:23).
No final da audiência geral na Praça de São Pedro nesta quarta-feira passada, o Papa Francisco recordou a que 21 de novembro é a data em que celebramos Pro Orantibus dia marcando a festa litúrgica da apresentação da bem-aventurada Virgem Maria no templo.
O dia é dedicado àqueles que pertencem a ordens religiosas contemplativas, e o Papa disse que é uma boa oportunidade de agradecer ao senhor pelo dom de tantas pessoas que, nos mosteiros e eremitérios, se dedicam a Deus em oração e trabalho silencioso”.
“Deixe-nos dar graças ao senhor – acrescentou para seus testemunhos de vida enclausurada e instou os fiéis a emprestar seu apoio espiritual e material para estes irmãos e irmãs nossos, para que eles possam levar sua missão importante”.
Para comemorar esta festa especial este ano, Francis Papa vai visitar um mosteiro camaldulense de freiras de clausura no Aventino onde ele vai celebrar vésperas com a Comunidade.
Muitas comunidades contemplativas, em todo o mundo Orem por sal e luz televisão. Pela nossa parte, nos lembramos com gratidão essas mulheres religiosas de quem como St Thérèse de Lisieux escreveu optar por cumprir no “coração” da igreja.
Fr. Thomas Rosica, CSB
CEO-sal e luz Católica Media Foundation
++++++++++++++
Fonte do Texto acima original, em Inglês: Site de  Frei Francisco 
++++++++++++++

Share This:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.