Solenidade da Santíssima Trindade

Santíssima Trindade 

 

*************

 

*************

*************

 

(Fonte da Imagem do Papa Francisco: Vaticano)

PAPA FRANCISCO

ANGELUS

Praça São Pedro
Domingo, 27 de maio de 2018

Fonte da matéria: Vaticano

[ AR  – DE  – EN  – ES  – FR  – HR  – IT  – PT ]

Queridos irmãos e irmãs, bom dia!

Hoje, domingo depois de Pentecostes, celebramos a festa da Santíssima Trindade.

Uma festa para contemplar e louvar o mistério do Deus de Jesus Cristo, que é Uno na comunhão de três Pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo, a fim de celebrar com admiração sempre renovada Deus-Amor, que nos oferece gratuitamente a sua vida e nos pede para a difundir no mundo.

As leituras bíblicas de hoje fazem-nos compreender que o que Deus quer não é tanto revelar-nos que Ele existe, mas, ao contrário, que é o “Deus connosco”, próximo de nós, que nos ama, que caminha connosco, se interessado pela nossa história pessoal e cuida de cada um de nós, a partir dos mais pequeninos e necessitados.

Ele «é Deus em cima no céu» mas também «embaixo na terra» (cf. Dt 4, 39). Portanto, não acreditemos numa entidade distante, não! Numa entidade indiferente, não! Mas, ao contrário, no Amor que criou o universo e gerou um povo, se fez carne, morreu e ressuscitou por nós, e como Espírito Santo tudo transforma e leva à plenitude.

São Paulo  (cf. Rm  8, 14-17), que experimentou pessoalmente esta transformação realizada por Deus-Amor, comunica-nos o seu desejo de ser chamado Pai, aliás “Pai” — Deus é “nosso Pai” —, com a total confiança de uma criança que se abandona nos braços de quem lhe deu a vida. O Espírito Santo — recorda ainda o Apóstolo — agindo em nós faz com que Jesus Cristo não se reduza a um personagem do passado, não, mas que o sintamos próximo, nosso contemporâneo, e experimentemos a alegria de ser filhos amados por Deus. Por fim, no Evangelho, o Senhor ressuscitado promete ficar connosco para sempre. E precisamente graças a esta sua presença e à força do seu Espírito podemos realizar com serenidade a missão que Ele nos confia. Qual é a missão? Anunciar e testemunhar a todos o seu Evangelho e deste modo dilatar a comunhão com Ele e a alegria que dela deriva. Deus, caminhando connosco, enche-nos de alegria e a alegria é um pouco a primeira linguagem do cristão.

Por conseguinte, a festa da Santíssima Trindade faz-nos contemplar o mistério de Deus que incessantemente cria, redime e santifica, sempre com amor e por amor, e a cada criatura que o acolhe dá a possibilidade de refletir um raio da sua beleza, bondade e verdade. Ele desde sempre escolheu caminhar com a humanidade e forma um povo que seja bênção para todas as nações e para cada pessoa, sem excluir ninguém.

O cristão não é uma pessoa isolada, pertence a um povo: este povo que Deus forma. Não se pode ser cristão sem esta pertença e comunhão. Nós somos povo: o povo de Deus.

A Virgem Maria nos ajude a cumprir com alegria a missão de testemunhar ao mundo, sedento de amor, que o sentido da vida é precisamente o amor infinito, o amor concreto do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

+++++++

[Extraído da Liturgia das Horas – I Vésperas – Ofício das Leituras]

Domingo depois de Pentecostes

Santíssima Trindade

Solenidade

+++++++

Das Cartas de Santo Atanásio, bispo
(Ep. 1 ad Serapionem, 28-30: PG 26, 594-595) (Sec. IV)

Luz, esplendor, graça

 Não devemos perder de vista a tradição, a doutrina e a fé da Igreja católica, tal como o Senhor a ensinou, tal como a pregaram os Apóstolos e a transmitiram os Santos Padres.

De facto, a tradição constitui o alicerce da Igreja, e todo aquele que a abandona deixa de ser cristão e já não merece usar esse nome.

  Ora a nossa fé é esta: acreditamos na Trindade santa e perfeita, que é o Pai, o Filho e o Espírito Santo;

  – não há n’Ela mistura de nenhum elemento estranho;

  – não Se compõe de Criador e criatura;

  – mas toda Ela é criadora e eficaz;

  – uma só é a sua natureza,

  – uma só é a sua eficiência e acção.

  O Pai cria todas as coisas por meio do Verbo, no Espírito Santo; e deste modo se afirma a unidade da Santíssima Trindade.

Por isso se proclama na Igreja um só Deus:

 –  que está acima de tudo,

  – atua em tudo

  – e está em tudo.

    – Está acima de tudo como Pai –  princípio e origem;

    – atua em tudo  – por meio do Verbo;

    – e está em tudo  – no Espírito Santo.

   O Apóstolo São Paulo, escrevendo aos coríntios acerca dos dons espirituais, tudo refere a Deus Pai como princípio de todas as coisas, dizendo:

 – Há diversidade de dons espirituais, mas o Espírito é o mesmo;

  – há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo;

  – e há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que realiza tudo em todos.

Os dons que o Espírito distribui a cada um vêm do Pai, por meio do Verbo.

De fato, tudo o que é do Pai é do Filho; e, portanto:

as graças concedidas pelo Filho, no Espírito Santo, são dons do Pai.

                                            De igual modo:

   – quando o Espírito está em nós,

– também em nós está o Verbo

   – de quem recebemos o Espírito;

           – e, com o Verbo, está também o Pai.

  Assim se realiza o que diz a Escritura: O Pai e Eu viremos a ele e faremos nele a nossa morada.

  Porque onde está a luz, aí está também o esplendor da luz;

e onde está o esplendor, aí está também a sua graça eficiente e esplendorosa.

  Isto mesmo no-lo ensina São Paulo na Segunda Epístola aos Coríntios com estas palavras:

  “A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam convosco.”

Efetivamente, toda a graça que nos é dada em nome da Santíssima Trindade:

  – vem do Pai,

  – pelo Filho,

  – no Espírito Santo.

Assim como toda a graça nos vem do Pai

– por meio do Filho,

  – assim também não podemos receber nenhuma graça senão no Espírito Santo,

  – por cuja participação temos o amor do Pai, a graça do Filho e a comunhão do mesmo Espírito.

Fonte: http://www.ibreviary.com/m2/breviario.php?s=ufficio_delle_letture

+++++++

+++++++

Share This:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.