Sagrado Coração Eucarístico de Jesus: “O Apostolado dos Sagrados Corações Unidos é, filhinho Meu, uma obra impulsionada por Meu Espírito Divino. Porque Meu Espirito foi quem uniu Meu Coração Sacratíssimo ao Coração Imaculado de Minha Mamãe. Por isso, o Apostolado é uma obra do Espirito Santo.”

01 de Janeiro de 2021

Chamado de Amor e de Conversão do Sagrado Coração Eucarístico de Jesus

Áudio da Mensagem – Voz de Manoel de Jesus:

 

O Apostolado dos Sagrados Corações Unidos é, filhinho Meu, uma obra impulsionada por Meu Espírito Divino. Porque Meu Espirito foi quem uniu Meu Coração Sacratíssimo ao Coração Imaculado de Minha Mamãe; e uniu nossos dois Corações na profecia e sentença do Pai Terno e Misericordioso, quando disse, depois do primeiro pecado de Adão e Eva, à serpente, que é Satanás: “Ela, com sua descendência esmagará tua cabeça.”

Minha Mãe, unida a Mim, no poder do Espirito Santo, viemos destruir os planos de Satanás. 

Por isso, o Apostolado é uma obra do Espirito Santo.

Invoquem meu Santo Espírito, e depois de invocar meu Espírito, meditem e leiam todos os nossos Chamados de Amor e de Conversão, que são os verdadeiros e Últimos Avisos para a conversão.

Com o meu Sacratíssimo Coração Eucarístico, exorto-os a ler a Carta aos Filipenses, capítulo 3.

Com Meu Sagrado Coração Eucarístico abençoo-os: Em Nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo. Amém.

*****************

Epístola aos Filipenses – Capítulo 3 – Leitura pedida pelo Senhor Jesus no CAC acima:

Capitulo 3 – O verdadeiro caminho da salvação cristã.

1Finalmente, irmãos, regozijai-vos no Senhor. Escrever-vos as mesmas coisas não me é penoso e é seguro para vós.

2Cuidado com os cães, cuidado com os maus operários, cuidado com os falsos circuncidados! 

3Os circuncidados somos nós, que prestamos culto pelo Espírito de Deus e nos gloriamos em Cristo Jesus e não confiamos na carne. 

4Aliás, eu poderia, até, confiar na carne. Se algum outro pensa que pode confiar na carne, eu ainda mais: 

5circuncidado ao oitavo dia, da raça de Israel, da tribo de Benjamim, hebreu filho de hebreus; quanto à Lei, fariseu; 

6quanto ao zelo,  perseguidor da Igreja; quanto à justiça que há na Lei, irrepreensível. 

7Mas o que era para mim lucro eu o tive como perda, por amor de Cristo. 

8Mais ainda: tudo eu considero perda, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor. Por ele, eu perdi tudo e tudo tenho como esterco, para ganhar a Cristo 

9e ser achado nele, não tendo a justiça da Lei, mas a justiça que vem de Deus, apoiada na fé, 

10para conhecê-lo, conhecer o poder da sua ressurreição e a participação nos seus sofrimentos, conformando- me com ele na sua morte, 

11para ver se alcanço a ressurreição de entre os mortos. 

12Não que eu já o tenha alcançado ou que já seja perfeito, mas vou prosseguindo para ver se o alcanço, pois que também já fui alcançado por Cristo Jesus. 

13Irmãos, eu não julgo que eu mesmo o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me do que fica para trás e avançando para o que está diante, 

14prossigo para o alvo, para o prêmio da vocação do alto, que vem de Deus em Cristo Jesus. 

15Portanto, todos nós que somos “perfeitos”, tenhamos este sentimento, e, se em alguma coisa pensais diferentemente, Deus vos esclarecerá. 

16Entretanto, qualquer que seja o ponto a que chegamos, conservemos o rumo. 

17Sede meus imitadores, irmãos, e observai os que andam segundo o modelo que tendes em nós. 

18Pois há muitos dos quais muitas vezes eu vos disse e agora repito, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo: 

19seu fim é a destruição, seu deus é o ventre, sua glória está no que é vergonhoso, e seus pensamentos no que está sobre a terra. 

20Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos ansiosamente como Salvador o Senhor Jesus Cristo, 

21que transfigurará o nosso corpo humilhado, conformando-o ao seu corpo glorioso, pela força que lhe dá poder de submeter a si todas as coisas. 

*************

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.