Dias Litúrgicos

13 de Maio – Nossa Senhora de Fátima

NSra-Fatima-pastorinhos-pt-13.05.2021

O Treze de Maio

A cada dia 13 de maio, celebra-se em todo o mundo a Festa da Virgem de Fátima, em memória da sua primeira aparição nas colinas da Cova de Iria, Portugal, em 1917.

“Não tenham medo. Não lhes faço mal”, disse a Virgem Maria no dia da primeira aparição a Lúcia, Jacinta e Francisco, as crianças pastoras que contemplavam uma senhora vestida de branco, mais brilhante que o sol.

Depois de dizer-lhes, entre outras coisas, que era do céu e pedir-lhes que voltassem àquele lugar seis meses seguidos, no dia 13 a mesma hora, a Mãe de Deus perguntou-lhes:

“Querem oferecer-se a Deus para suportar todos os sofrimentos que Ele quiser enviar-lhes como reparação dos pecados com que Ele é ofendido, e em súplica pela conversão dos pecadores?”

Os pequenos responderam-lhe que si, que queriam. Ao que a Virgem lhes advertiu que teriam de sofrer muito. mas que a graça de Deus os fortaleceria.

A Senhora abriu suas mãos e lhes comunicou uma luz que os invadiu. Caíram de joelhos e repetiram humildemente: “Santíssima Trindade, eu vos adoro, Meu Deus, meu Deus, eu vos amo no Santíssimo Sacramento.”

A Virgem de Fátima finalmente lhes disse:

“Rezem o Rosário todos os dias, para alcançar a paz do mundo e o fim da guerra.”Logo se elevou.

Os meses seguintes, as crianças acudiram as vezes que a Virgem os chamava. Mas tiveram que passar por zombarias, calúnias, ameaças e a prisão, pela incompreensão das pessoas. Pouco depois Francisco faleceu com dolorosas enfermidades.

Com o tempo, a Igreja reconheceu as aparições milagrosas e a devoção à Virgem de Fátima expandiu-se por todo o mundo.

São João Paulo II consagrou a Rússia ao Imaculado Coração de Maria, tal como havia sido o pedido da Mãe de Deus, e beatificou os videntes Jacinta e Francisco no ano 2000 com a presença de Soror Lúcia, que faleceu em 2005.

Soror Lúcia conta na “Quarta Memória” que a Virgem, na aparição de 13 de julho de 1917 recomendou-lhes:

“Sacrifiquem-se pelos pecadores, e digam muitas vezes, em especial, quando façam algum sacrifício: Ó Jesus, é por vosso amor, pela conversão dos pecadores, e em reparação pelos pecados cometidos contra o Imaculado Coração de Maria.”

Então Maria insistiu:

“Quando rezarem o rosário, digam ao final de cada mistério: Ó meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, e levai para o Céu todas as almas, especialmente as mais necessitadas de vossa misericórdia.”

***********

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: