Chamado de Amor de São José

06.04.2022 – Casto e Amante Coração de São José: “Deus Todo-Poderoso pode escolher qualquer outro meio para encontrar-se com os homens, mas quis fazê-lo através de Nossa Senhora. E por isso, através de Nossa Senhora , o homem se encontra com Filho Redentor.”

Padroeiro_São_José

 

6 de abril de 2022 – CHAMADO DE AMOR E CONVERSÃO DO CASTO E AMANTE CORAÇÃO DE SÃO JOSÉ

 

Áudio da Mensagem – Voz de Manoel de Jesus:

 

Louvado seja o Sagrado Coração Eucarístico de Jesus!

Querido filhos

É importante compreender que o Pai Terno e Misericordioso estabeleceu um caminho de santidade. E este caminho é o Coração de Nossa Senhora. Porque através da Imaculada, Deus Filho, veio encontrar-se com o homem.

Deus Todo-Poderoso pode escolher qualquer outro meio para encontrar-se com os homens, mas quis fazê-lo através de Nossa Senhora. E por isso, através de Nossa Senhora , o homem se encontra com Filho Redentor.

A mim, o Pai me chamou para viver este caminho de santidade através de Maria. E meu Casto e Amante Coração quer conduzi-los à este caminho de santidade: encontrar-se com o Filho, e ir com o Filho ao Pai, através do Coração de Maria.

O Apostolado é o caminho da consagração a Jesus através de Maria, e eu fui o primeiro a viver este caminho de consagração.

Meditem no Capítulo 47 do Livro do Gênesis.

Com meu Casto e Amante Coração, o primeiro consagrado a Jesus por meio de Maria, abençoo-os: Em nome do Pai, do Filho, e do Espírito Santo. Amém. 

 

Capítulo 47 do Livro do Gênesis – Bíblia de Jerusalém

A audiência do Faraó

— 1 Foi, pois, José comunicar ao Faraó: “Meu pai e meus irmãos,” disse ele, “chegaram da terra de Canaã com suas ovelhas e seus bois e tudo o que lhes pertence; eis que estão na terra de Gessen.” 2 Ele tomara cinco de seus irmãos e os apresentou ao Faraó. 3 Este perguntou a seus irmãos: “Qual é a vossa profissão?” E eles responderam: “Teus servos são pastores, tanto nós como nossos pais.” 4 Eles disseram também ao Faraó: “Viemos habitar nesta terra porque não há mais pastagem para os rebanhos de teus servos: a fome, com efeito, assola a terra de Canaã. Permite agora que teus servos .fiquem na terra de Gessen.” 5a Então o Faraó disse a José: 6b ”Que eles habitem a terra de Gessen e, se sabes haver entre eles homens capazes, põe-nos administradores de meus próprios rebanhos.”

Outra narrativas

— 5b Jacó e seus filhos vieram ao Egito junto a José. O Faraó, rei do Egito, sabendo disso, disse a José: “Teu pai e teus irmãos vieram para junto de ti. 6a A terra do Egito está à tua disposição: estabelece teu pai e teus irmãos na melhor região.” 7  Então José introduziu seu pai Jacó e o apresentou ao Faraó, e Jacó saudou o Faraó. 8 O Faraó perguntou a Jacó: “Quantos são teus anos de vida?” 9 E Jacó respondeu ao Faraó: “Os anos de minha peregrinação sobre a terra são cento e trinta; meus anos foram breves e infelizes, e não atingiram a idade de meus pais, os anos da peregrinação deles.” 10 Jacó saudou o Faraó e despediu-se dele. 11 José estabeleceu seu pai e seus irmãos e lhes deu uma propriedade na terra do Egito, na melhor região, a terra de Ramsés, como ordenara o Faraó. 12 E José providenciou pão para seu pai, para seus irmãos e para toda a família de seu pai, segundo o número de seus filhos.

Política agrária de José

— 13 Não havia pão em toda a terra, pois a fome tornara-se muito dura e a terra do Egito e a terra de Canaã desfaleciam de fome. 14 José reuniu todo o dinheiro que se encontrava na terra do Egito e na terra de Canaã em troca do mantimento que se comprava e entregou esse dinheiro ao palácio do Faraó. 15 Quando se esgotou o dinheiro da terra do Egito e da terra de Canaã, todos os egípcios vieram a José, dizendo: “Dá-nos pão! Por que deveríamos morrer sob tua vista? Pois não há mais dinheiro.” 16 Então disse José: “Trazei vossos rebanhos e vos darei pão’ em troca de vossos rebanhos, se não há mais dinheiro.” 17 Eles trouxeram seus rebanhos a José e este lhes deu pão em troca de cavalos, de ovelhas, de bois e de jumentos; naquele ano ele os sustentou de pão em troca de seus rebanhos. 18 Quando terminou aquele ano, no ano seguinte voltaram a ele e lhe disseram: “Não podemos ocultá-lo a meu senhor: esgotouse, na verdade, o dinheiro e os animais já pertencem a meu senhor, nada mais resta à disposição de meu senhor senão nossos corpos e nosso terreno. 19 Por que deveríamos morrer sob tua vista, nós e nosso terreno? Compra-nos, pois, a nós e a nosso terreno em troca de pão, e nós seremos, com nosso terreno, os servos do Faraó. Mas dá-nos semente a fim de que vivamos e não morramos, e o nosso terreno não fique desolado.” 20 Comprou assim José, para o Faraó, todos os terrenos do Egito, pois os egípcios venderam, cada qual, o seu campo, tanto os impelia a fome, e o país passou às mãos do Faraó. 21 Quanto aos homens, ele os reduziu à servidão, de uma extremidade a outra do território egípcio. 22Somente o terreno dos sacerdotes ele não comprou, pois os sacerdotes recebiam uma renda do Faraó e viviam da renda que recebiam do Faraó. Por isso não tiveram que vender seu terreno. 23 Depois José disse ao povo: “Agora, portanto, eu vos comprei para o Faraó, com vosso terreno. Eis aqui as sementes para semear vosso terreno. 24 Mas, das colheitas, deveis dar um quinto ao Faraó, e as outras quatro partes serão vossas, para a semeadura do campo, para vosso sustento e o de vossa família, para que comam vossos filhos.” 25 Eles responderam: “Tu nos salvaste a vida! Achemos graça aos olhos de meu senhor e seremos os servos do Faraó.” 26 José fez disso uma regra, que vale ainda hoje para todos os terrenos do Egito: a quinta parte é depositada para o Faraó. Só o terreno dos sacerdotes não ficou sendo do Faraó. Últimas vontades de Jacó — 27 Assim Israel estabeleceu-se na terra do Egito, na região de Gessen. Aí eles adquiriram propriedades, foram fecundos e se tornaram muito numerosos. 28 Jacó viveu dezessete anos na terra do Egito e a duração da vida de Jacó foiA Bíblia de Jerusalém de cento e quarenta e sete anos. 29 Aproximando-se para Israel o tempo de sua morte, chamou seu filho José e lhe disse: “Se tenho o teu afeto, põe tua mão sob minha coxa, mostra-me benevolência e bondade: peço-te que não me enterres no Egito! 30 Quando eu tiver dormido com meus pais, tu me levarás do Egito e me enterrarás no túmulo deles.” Ele respondeu: “Eu farei como disseste.” 31 Mas seu pai insistiu: “Jura-me.” E ele jurou, enquanto Israel se inclinava sobre a cabeceira de seu leito. 

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: