Chamado de Amor de Maria

13.03.2014 – Coração Doloroso e Imaculado de Maria: “Eu venho chamar novamente. Aceitem meus Chamados de Amor pela humanidade, e ingressem na escola do Divino Espírito, meu Purismo e Imaculado Ventre.”

N-Senhora-c-fundo-02.09.2022

13 de março de 2014 – CHAMADO DE AMOR E CONVERSÃO DO CORAÇÃO DOLOROSO E IMACULADO DE MARIA

 

A Vida de Deus em Mim

A Santa Mãe:

Filhos! Deus foi meu Deus. Mas também foi e é meu Pai. Só com a obediência e a humildade se pode ser grato aos seus Olhos, obedientes em cumprir Suas Palavras, como Eu era no momento da Encarnação.

Assim como meu Ventre foi apartado do pecado e consagrado para Meu Filho Jesus, fui preservada para dizer “Sim”. “Sim” na dor; “Sim” nas provas. “Sim” … Eu tinha clara Minha missão de ser a Mãe do Filho de Deus.

Eu sou, fui o centro deste grande mistério. Meu Ventre foi o Santuário do Pai, o Trono do Filho e o Sacrário do Espírito Santo.

Por isso sou obediente, sou humilde, porque deixei meu ser totalmente para Ele. Sou humilde, porque lhe dei o meu Ventre para dar à Luz seu Filho.

Sou humilde para acolher todos vocês, no meu Ventre da Cruz. Quando meu Filho disse na cruz “Mulher, eis aí o teu filho”, a partir desse momento o Meu Ventre se abriu e continuamente se abre, para vocês.

Deixem-se formar por mim. Aproximem-se da luz. Deixem que a Carne Imaculada do Filho, que é a minha Carne. Deixem que o Preciosíssimo Sangue de Cristo, que é o meu Sangue, se funda em vocês, os encha e os livre desta carne impura, que deixaram contaminar com o pecado.

Deixem que eu os forme, que Eu os leve, que Eu lhes dê à luz para o Céu, para Cristo, para o Pai.

Formem-se, eduquem-se e cresçam com esta Mãe. Mãe da dor, Mãe do amor. Mas mais Mãe de todos vocês pecadores. Eu os guiarei, eu gestarei em vocês uma Nova Humanidade, para a Glória de Cristo.

Meu filho virá em breve, e me encarregou desde o início da Igreja de levar a luz.

Guiá-los e formar a todos os meus filhos para prepará-los para a Nova Humanidade, que se deixa redimir; humanidade que se deixa guiar; humanidade que se deixa conduzir.

Por isso estou aqui, com amor de Mãe, com meu acompanhamento maternal, e quero leva-los a Jesus. Como boa mãe, quero a luz e a salvação, o conhecimento de Deus para vocês.

Eu venho chamar novamente. Aceitem meus Chamados de Amor pela humanidade, e ingressem na escola do Divino Espírito, meu Purismo e Imaculado Ventre.

Assim seja. Meus pequenos, deixem que Eu lhes dê a luz para Deus, para o Céu. Amém.

Ave Maria puríssima, sem pecado original concebida!

***

Comentário do instrumento:

A Santíssima Mãe me pediu para explicar essas grandes virtudes da obediência e da humildade.

Essas grandes virtudes são a chave para um bom crescimento espiritual, porque os profetas eram humildes e obedientes. Nosso amável Redentor foi humilde. Ele não fez alarde de sua condição divina. Mas se rebaixou, fez-se um de nós. Viveu segundo a nossa natureza. Não segundo a carne, mas segundo a nossa humanidade limitada, pobre, com dificuldades, medos, trabalhos, cansaço, dor.

O humilde por excelência, foi educado na obediência aos pais. Jesus, o Unigênito do Pai, obediente se encarnou no Ventre de uma Criatura do Coração do Pai.

O Senhor se encarnou, se abaixou, com humildade, à nossa condição, e se fez homem, pela obediência ao Pai. Mas não podemos falar de obediência e humildade sem amor. Amor para o Pai. É o amor que nos leva à humildade, ou seja, a nos reconhecermo-nos como criaturas, filhos do Pai, e assim chegaremos à obediência.

Maria a mais humilde no momento do Fiat, e a mais obediente, reconhecendo, aceitando, obedecendo e colocando, em primeiro lugar, a Vontade amadíssima ao Pai. Praticando com amor, a humildade e a obediência, nos assemelharemos mais a Jesus, e reconheceremos a Santíssima Vontade do Pai, como o fez a Santíssima Mãe. Assim seja.

Louvado seja Jesus Cristo, com nossa Santíssima Mãe, seja para sempre louvado.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: