Deixe um comentário

Casto e Amante Coração de São José: “A paz, o silêncio e a simplicidade de espirito, estão lhes fazendo falta. A paz interior é uma condição necessária para poder escutar com mais claridade a Voz do Espirito Santo. Façam tudo confiando na Divina Providência. Paz, confiança e abandono na Divina Vontade é o que necessitam por em prática.”

4 de abril de 2018

Chamado de Amor e de Conversão do Casto e Amante Coração de São José

Áudio da Mensagem – Voz de Manoel de Jesus

 

Filhos de Meu Castíssimo Coração: Paz!

A paz, o silêncio e a simplicidade de espirito,

  • estão lhes fazendo falta,
  • porque não há abertura sincera
  • e nem de coração,
  • aos Nossos últimos Chamados de Amor e de Conversão.

Também muitas almas

  • não vivem os Chamados de Amor e de Conversão,
  • esperando que outros os vivam. 

E não é assim, queridos filhos.

  • Tu, alma,
  • deves ser a primeira que viva
  • os Chamados de Amor e de Conversão,
  • sem depender da resposta que outros deem.

Queridos filhos:

  • é que muitos esperam avançar na vida espiritual,
  • colocando-se ao nível de outros.

Queridos filhos:

  • cada qual deve caminhar por si só,
  • e a resposta é pessoal
  • e a decisão é individual.

É verdade que o bem que fazes repercute ao teu redor e dá testemunho e luz.

Mas teu testemunho não tem por quê deter-se por outros.

Deves ter paz em teu coração. 

A paz interior é uma condição necessária para poder escutar com mais claridade a Voz do Espirito Santo.

Quando a alma está em paz, pode escutar melhor; pode discernir mais e tem a força necessária para atuar.

Quando Eu estive em Nazaré, deixei entrar a paz em Meu Coração, e a paz interior facilitou que o Anjo do Senhor me falasse claramente e poder viver e obedecer Seu Santo Desígnio, de cuidar dos Sagrados Corações de Jesus e de Maria

Convido-os, queridos filhos, à paz interior. 

Orem em paz.

Quero dizer com isto, que tudo o que façam, o façam confiando na Divina Providência, que Ela sabe fazer melhor o que o homem, por sua humanidade, está limitado para fazer.

Mas é necessário a confiança. 

Se não há confiança, não há abandono.

Se a alma confia e abandona-se em Deus, é mais dócil ao Santo Querer de Deus.

Queridos filhos: paz, confiança e abandono na Divina Vontade é o que necessitam por em prática.

Como o Patriarca da Sagrada Familia, que se abandonou à Divina Vontade, dou-vos a Bênção:

Em Nome do Pai, e do Filho, e do Espirito Santo. Amém.

++++++++++++++

Share This:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: