Chamados de Amor e de Conversão

28 Abril: Memória Litúrgica de São Luís Maria Grignion de Montfort – Patrono deste Apostolado

San-Luis-Montfort-pt

São Luís Maria Grignion de Montfort

= Em Homenagem da Celebração da sua Memória Litúrgica em 28 de abril =

 

São Luís Maria Grignion de Montfort nasceu em Montfort-sur-Meu, Bretanha, em 1673 e morreu de uma doença rápida em Saint-Laurent-sur-Sèvre em 1716.

Missionário francês. Ele pregou em várias partes da França, atraindo as massas com sua eloquência direta. Ele fundou a Ordem das Religiosas da Sabedoria, para cuidar dos enfermos e educar as crianças, e a Companhia de Maria, para evangelizar os pobres. Ele escreveu: Tratado Da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem Maria, sua obra mais desejada entre muitas outras.

São Luís Maria Grignion de Montfort profetizou: que no final dos tempos algumas almas predestinadas desde a eternidade habitariam a terra, que seriam chamados de Apóstolos dos Últimos Tempos, que responderiam ao Chamado de Amor da Santíssima Trindade para trabalhar e missionar na preservação da Igreja no limiar do advento do novo Reinado Eucarístico.

Esse Exército Mariano que luta contra o dragão, em unidade com os Corações Unidos de Jesus, Maria e José, pisando na cabeça do dragão. Ou seja, São Luís Maria Grignion de Montfort é o anunciador do Movimento Apostólico dos Últimos  Tempos.

Sua Obra Tratado Da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem Maria constitui uma pedra básica na estrutura e formação dos Apóstolos dos Últimos Tempos, e é uma leitura obrigatória para a formação apostólica no Apostolado dos Sagrados Corações Unidos de Jesus e Maria.

Muito se tem falado sobre São Luís Maria Grignion de Montfort e os seus escritos têm sido amplamente analisados e ponderados, o que nos conduz essencialmente ao Coração de Maria, catalisadora da nossa chegada ao Sagrado Coração de Jesus, porque Eles, Jesus e Maria, são uma só Carne, Sangue e Coração. Daí, portanto, que podemos entender esta máxima:

“Não creio que uma pessoa possa forjar uma união íntima com Nosso Senhor e uma fidelidade perfeita ao Espírito Santo, sem uma grande união com a Santíssima Virgem”

O santo dedicou todas as suas grandes qualidades como pregador, como condutor de multidões, como cantor e compositor para resgatar almas e para mostrar as qualidades, virtudes e graças da Mãe de Deus e seu papel na Corredenção.

Totus Tuus: “Sou todo teu, ó Maria! E tudo o que tenho é teu.” Resume sua vida.

São Luís faleceu em 28 de abril de 1716, aos 43 anos, de uma doença repentina.

São Luís Maria foi beatificado em 1888 e em 1947 foi canonizado por Pio XII.

Mas hoje, quando celebramos a sua Páscoa, em que estamos realizando nossa consagração ao Casto e Amante Coração de São José; em que vivemos seu Ano Jubilar, vale a pena perguntar-nos: o que escreveu este Santo Patrono do nosso amado Apostolado em referência ao Santo dos Santos?

Claro está, que São Montfort deve ter conhecido e entendido que São José foi, entre todos, o primeiro apóstolo de Cristo, o primeiro Consagrado ao Coração de Maria e, portanto, ao Sagrado Coração de Deus. Mas a resposta é: não muito.

Novamente, através da obra de Montfort, o Santo Protetor dos Apóstolos dos Últimos Tempos nos mostra seu amor ao silêncio e à humildade, e permanece escondido, deixando a Mulher Vestida de Sol brilhar com todo o seu fulgor na prolífica produção legada por Montfort.

E assim, só podemos encontrar duas peças, referentes ao Pai do Silêncio, em toda a sua vasta produção.

  1. A Oração a São José, para rezar três vezes no final dos Mistérios Dolorosos do Terceiro Método para rezar o Santo Rosário proposto no seu livro O Segredo do Rosário. A oração é uma adaptação da Ave Maria referindo-se ao seu marido casto e amoroso.
  2. O Cântico a São José, Esposo de Maria, no Capítulo dos Cânticos aos outros Santos, em seu livro: Os Cânticos de São Luís Maria Grignion de Montfort.

Anexamos estas belas obras, fruto do amor e do louvor que São Luís Maria Grignion de Montfort professou e professa pelo nosso Criador. E desfrutemos estes versos, que nos demonstram que São Luís conhecia das grandezas e dos atributos do nosso Casto e Amante Coração, São José, Terror dos Demônios.

“SÓ DEUS!”

(Lema de São Luís Maria Grignion de Montfort)

 

Ave Maria Josefina de São Luís Maria Grignion de Montfort

Ave, José,

Homem justo;

A sabedoria está convosco

Bendito é Jesus,

Fruto de Maria, vossa fiel esposa

São José, digno pai nutrício de Jesus Cristo,

rogai por nós, pecadores

agora, e na hora de nossa morte. Amém.

 

CÁNTICO 122

EM HONRA DE SÃO JOSÉ ESPOSO DE MARIA

1 – Entoemos um canto em honra

de São José, o protetor e Esposo de Maria

José é humilde e menos conhecido.

Ninguém na terra o viu;

no entanto, aos santos cativa.

Que os céus e a terra lhe cantem,

e todos o glorifiquem. (Bis)

 

2 – Ó, grande José, só para vós, Deus

digno esposo vos encontrou

de sua Mãe admirável.

Marido da Rainha dos Céus.

Maravilhoso privilégio;

sois testemunho de santidade,

e de sua pureza, guardião.

Ó que glória incomparável! (bis)

 

3 – O Pai Eterno vos quis

para cuidar ao Seu Filho,

para tomar seu posto.

Vós levastes em vosso regaço

ao vosso Rei e soberano;

por muito singular desígnio,

fostes o pai nutrício

de vosso Pai supremo.

 

4 – Quem o visse acariciar-vos

Sorrir-vos e abraça-vos

com amor tão terno!

Seu sorriso fundia vosso coração,

enchendo-o de doçura,

enquanto vós, aceso em amor,

lhe dizia com ternura”

filho meu, te amo.

 

5 – Se as palavras de Maria

puderam santificar

João e sua própria mãe,

que não haverá logrado em vós,

seu trato santo e feliz!

Sua palavra vos encantava,

sua presença vos enchia

de toda sua luz e graça.

 

6 – Vós sem igual humildade

vos conduziu a guardar

um silêncio constante;

a viver como discreto

e modesto carpinteiro,

a passar por ignorante,

por incapaz, sem talante

sem figura de grande juízo.

 

7 – Quanto mais vos rebaixastes,

tanto mais Deus lograstes

as honras de sua glória.

Vossos méritos nos surpreender,

vossos privilégios são grandes.

O céu exalta vossos fulgores,

o mundo goza de vossos favores

até em horas de Purgatório.

 

8 – Nunca ninguém vos roga em vão,

vosso patrocínio é soberano

como Teresa assegura.

Vosso Filho é Deus de glória,

vossa Esposa do céu Rainha,

vossa súplica, para eles, lei,

desejo feito mandato.

Vosso poder é sem medida.

 

9 – SÃO JOSÉ:

Procura ser o último em tudo,

oculto, discreto ao meu modo;

vive em Jesus e em Maria!

Procura o que o mundo não quer,

foge quanto ele persegue.

Caminha só na fé,

para ser em verdade feliz

pela imitação de minha vida.

 

10 – ORAÇÃO:

Sede vós, José, meu patrono,

para obter por presente

de Deus, a Sabedoria!

Para exaltar o Salvador

e converter ao pecador,

ajudar os despossuídos

e derrubar os inimigos.

A caridade será vossa guia.

 

DEUS SÓ.

Chamados de Amor e Conversão relacionados à sua profecia dos Apóstolos dos Últimos Tempos

São Luís Maria Grignion de Montfort

Santo Patrono do Apostolado dos Sagrados Corações Unidos de Jesus e de Maria

 Em Homenagem da Celebração da sua Memória Litúrgica em 28 de abril

  

14 de setembro de 2014 – Chamado de Amor e Conversão do Santíssimo Servo de Jesus e Maria, Frei Pio de Pietrelcina

Eu, Frei Pio de Pietrelcina e São Luís Grignion de Montfort, rogamos por vocês. Manuel vê e prega a importância da Consagração ao Sagrado Coração de Jesus e ao Imaculado e Doloroso Coração de Maria. Juntos vamos cegar Satanás; vamos lutar por este país. Nicarágua sofreu e quanto seguirá sofrendo. Muda ó nação e volta teu coração para DEUS.

15 de setembro de 2014 – Chamado de Amor e Conversão do Sagrado Coração Eucarístico de Jesus

O objetivo de enviar Minha Mãe ao mundo, através deste Apostolado, é reanima-los na oração, no sacrifício e na penitência. Consagrem o mundo aos nossos Sagrados Corações. São Luís de Montfort profetizou este grande Apostolado. Seja realizado.

18 de setembro de 2014 – Chamado ao Amor e à Conversão do Coração Doloroso e Imaculado de Maria

Filhos: com este Escapulário serão os Apóstolos dos Últimos Tempos, anunciados em La Sallete, profetizado por meu filho São Luís de Montfort. O escapulário será o escudo espiritual das almas.

20 de setembro de 2014 – Chamado de Amor e Conversão do Coração Doloroso e Imaculado de Maria

Devem invocar sempre Saint Louis de Montfort. Vocês, meus apóstolos, preparem o Meu Reinado. A vida dos meus apóstolos está contida no livro de São Luís de Montfort.

16 de dezembro de 2017 – Chamado de Amor e Conversão do Coração Doloroso e Imaculado de Maria

Nota: “Jesus é sempre e em todas as partes, o fruto e Filho de Maria. E Maria é em todas as partes, a verdadeira árvore que leva o fruto de vida e a verdadeira Mãe que o produz ” (São Luís Maria Grignion de Montfort, Tratado Da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem Maria, nº 44).

1 ° de dezembro de 2018 – Chamado de Amor e Conversão do Coração Doloroso e Imaculado de Maria

Queridos filhos do meu Doloroso e Imaculado Coração:

Quero ajudá-los a compreender que o Cenáculo de Oração de nossos Sagrados Corações Unidos, foi ditado por nossos Corações, por São Luís de Montfort e Padre Pio.

Neste Cenáculo se reúnem todas as orações e jaculatórias autenticamente dadas pelo Céu. No Cenáculo da Oração, têm as devoções mais amadas pela Santíssima Trindade:

– a Devoção ao Sagrado Coração de Jesus como centro.

– e a devoção ao meu Doloroso e Imaculado Coração, como caminho para chegar a Jesus.

Meus filhos: Nestes Cenáculos preparo os meus apóstolos, para que esperem com fé, mediante a consagração e a perseverança, a Grande Vinda do Espírito Santo.

O Grande Pentecostes está unido ao triunfo do Meu Doloroso e Imaculado Coração. Se permitirem que meu Coração Maternal triunfe desde agora em seus corações, o Espírito Santo reinará.

12 de janeiro de 2019 – Chamado de Amor e Conversão do Coração Doloroso e Imaculado de Maria

Apóstolos do meu Doloroso e Imaculado Coração, meu exército:

Ajudo-os a aprofundar o grande mistério que se encontra nos dois estandartes do meu Apostolado. Os estandartes são as bandeiras do meu exército militante.

O estandarte vermelho e branco manifesta em si o que foi profetizado por São Luís de Montfort: a Cruz e o Rosário, suas cores de realeza e de martírio, e a inscrição Exército militante mariano.

Este estandarte é, em si mesmo, o sinal de que meu exército, é um exército de almas vítimas, que, com as armas da oração e do sacrifício, conquistam almas para meu Filho Jesus.

26 de janeiro de 2019 – Chamado de Amor e Conversão do Coração Doloroso e Imaculado de Maria

Filhos meus: ajudo-os a compreender o grande mistério do meu Doloroso e Imaculado Coração: É a revelação mariana de todos os tempos. É bíblica porque o profeta Simeão, utilizado por Deus Espírito Santo, o declarou.

O evangelista João me viu. Sou o grande sinal. Este grande sinal: o meu Coração Doloroso e Imaculado, precede e prepara o mundo e a Igreja para a Vinda do Cordeiro de Deus e do seu Reino Eucarístico.

Todas as demais autênticas revelações privadas: Lourdes, Fátima, Montichiari, Garabandal, Medjugorje, preparavam a manifestação do meu Doloroso e Imaculado Coração.

Mostro-me aos meus filhos, como a Mulher Vestida de Sol, e concretizo, com o Apostolado, o grande exército profetizado por São Luís de Montfort. Meu apostolado são os aguerridos guerreiros de Jesus e Maria. Amados filhinhos: abram seus corações aos meus chamados maternais!

23 de fevereiro de 2019 – Chamado de amor e Conversão do Coração Doloroso e Imaculado de Maria

São Luís de Montfort, inspirado pelo Espírito Santo e guiado pelo meu Coração Maternal, que é o Trono da Divina Sabedoria, profetizou que, nos Últimos Tempos, por ordem da Santíssima Trindade, Eu, sua Mãe, formaria um exército de soldados valentes, que:

– Em sua mão direita levariam a Cruz. Isso quer dizer a fidelidade ao Evangelho de meu Filho Jesus.

– E, na mão esquerda, a corrente do Santo Rosário. Isto dizer, a Devoção Mariana e a Consagração total destes apóstolos ao meu Doloroso e Imaculado Coração.

– E, os nomes escritos de Jesus e Maria no coração desses apóstolos. Isso representa nossos Dois Sagrados Corações Unidos.

11 de janeiro de 2020 – Chamado de Amor e Conversão do Coração Doloroso e Imaculado de Maria

Meus filhos:

O apostolado, profetizado por São Luís de Montfort, deve ser sempre uma grande Cruzada de testemunho, amor e reparação.

30 de janeiro de 2021 – Chamado de Amor e Conversão do Coração Doloroso e Imaculado de Maria

Querido filhinho:

A tua Mamãe Rainha pediu a Jesus pelo teu ser e pela tua vida, desde antes de nascer, para ser o Arauto do Reino dos nossos Três Sagrados Corações, e o instrumento através do qual daria as minhas Últimas Avisos para a conversão dos homens, para concretizar o que foi profetizado por São Luís de Montfort: os Apóstolos de Jesus e Maria no Fim dos Tempos.

******************

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: