Chamado de Amor de São José

10.11.2021 – Casto e Amante Coração de São José: “Através desta Aliança dos Dois Corações, da qual o Pai Eterno, a mim me fez guardião e protetor, o mundo poderá conhecer o desígnio do Coração do Pai, e é: que todos seus filhos, através desta Aliança dos Sagrados Corações vivam em comunhão de amor com Ele.”

Padroeiro_São_José

10 de novembro de 2021 – CHAMADO DE AMOR E CONVERSÃO DO CASTO E AMANTE CORAÇÃO DE SÃO JOSÉ

 

Áudio da Mensagem – Voz de Manoel de Jesus:

CAC-2021-pt-site-10.11.2021_Compr-467 KB

 

Queridos filhos: Assim como o Pai Terno e Misericordioso, por meio dos primeiros pais, quis mostrar seu amor infinito às criaturas; mas esta obra misericordiosa encontrou a rebelião daqueles dois primeiros corações. Assim o Pai sempre permaneceu fiel a este seu desejo: mostrar-se como Deus Misericordioso.

Por isso, os Sagrados Corações da Mãe e do Filho são agora as Testemunhas desta misericórdia infinita; e com os Chamados de Amor e de Conversão, querem aproximar os homens ao Amor Misericordioso.

Através desta Aliança dos Dois Corações, da qual o Pai Eterno, a mim me fez guardião e protetor, o mundo poderá conhecer o desígnio do Coração do Pai, e é: que todos seus filhos, através desta Aliança dos Sagrados Corações vivam em comunhão de amor com Ele.

Meditem no capítulo 14 do livro de Gênesis.

Com meu Casto e Amante Coração, o primeiro coração que, por Jesus e Maria, viveu a comunhão eterna com Deus Pai Terno e Misericordioso, abençoo-vos como pai e protetor.

Em Nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Livro do Gênesis – capítulo 14 – Bíblia de Jerusalém

14 A campanha dos quatro grandes reis — 1 No tempo de Amrafel, rei de Senaar, de Arioc, rei de Elasar, de Codorlaomor, rei de Elam, e de Tadal, rei dos goim, 2 estes fizeram guerra contra Bara, rei de Sodoma, Bersa, rei de Gomorra, Senaab, rei de Adama, Semeber, rei de Seboim e o rei de Bela (este é Segor). 3 Estes últimos se juntaram no vale de Sidim (que é o mar do Sal). 4 Por doze anos ficaram sujeitos a Codorlaomor, mas no décimo terceiro ano se revoltaram. 5 No décimo quarto ano vieram Codorlaomor e os reis que estavam com ele. Derrotaram os rafaim em Astarot-Carnaim, os zuzim em Ham, os emim na planície de Cariataim, 6 os horitas nas montanhas de Seir até El-Farã, na margem do deserto. 7 Eles voltaram e vieram à Fonte do Julgamento (que é Cades); derrotaram todo o território dos amalecitas e dos amorreus, que habitavam Asasontamar. 8 Então o rei de Sodoma, o rei de Gomorra, o rei de Adama, o rei de Seboim e o rei de Bela (este é Segor) fizeram uma expedição e se colocaram em ordem de batalha contra eles no vale de Sidim, 9 contra Codorlaomor, rei de Elam, Tadal, rei dos goim, Amrafel, rei de Senaar, e Arioc, rei de Elasar: quatro reis contra cinco! 10 Ora, o vale de Sidim estava cheio de poços de betume; na sua fuga o rei de Sodoma e o rei de Gomorra caíram neles, e o resto se refugiou na montanha. 11 Os vencedores tomaram todos os bens de Sodoma e de Gomorra, e todos os seus alimentos, e se foram. 12 Eles tomaram também Ló (o sobrinho de Abrão) e seus bens, e se foram; ele morava em Sodoma. 13 Um sobrevivente veio informar Abrão, o hebreu, que habitava no Carvalho do amorreu Mambré, irmão de Escol e de Aner; eles eram os aliados de Abrão. 14 Quando Abrão soube que seu parente fora levado prisioneiro, fez sair seus aliados, seus familiares, em número de trezentos e dezoito, e deu perseguição até Dã. 15 Ele os atacou de noite, em ordem dispersa, ele e seus homens, derrotou-os e perseguiu-os até Hoba, ao norte de Damasco. 16 Recuperou todos os bens, e também seu parente Ló e seus bens, assim como as mulheres e a tropa.

Melquisedec — 17 Quando Abrão voltou, depois de ter derrotado Codorlaomor e os reis que estavam com ele, o rei de Sodoma foi ao seu encontro no vale de Save (que é o vale do Rei). 18 Melquisedec, rei de Salém, trouxe pão e vinho; ele era sacerdote do Deus Altíssimo. 19 Ele pronunciou esta bênção: “Bendito seja Abrão pelo Deus Altíssimo que criou o céu e a terra, 20 e bendito seja o Deus Altíssimo que entregou teus inimigos entre tuas mãos.” E Abrão lhe deu o dízimo de tudo. 21 O rei de Sodoma disse a Abrão: “Dá-me as pessoas e toma os bens para ti.” 22 Mas Abrão respondeu ao rei de Sodoma: “Levanto a mão diante do Deus Altíssimo que criou o céu e a terra: 23 nem um fio, nem uma correia de sandália, nada tomarei do que te pertence, para que não digas: ‘Eu enriqueci Abrão’. 24 Nada para mim. Somente o que meus servos comeram, e a parte dos homens que vieram comigo, Aner, Escol e Mambré; eles tomarão sua parte.”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: