Dias Litúrgicos

13 de fevereiro de 2005: Data da Páscoa da Serva de Deus, Irmã Lúcia, vidente de Fátima – Padroeira deste Apostolado

Anjo-3-pastorinhos

Serva de Deus Maria Lucia de Jesus e do Coração Imaculado

Conhecida como: Irmã Lucia do Imaculado Coração

Santa Padroeira do Apostolado dos Sagrados Corações Unidos de Jesus e de Maria

As aparições da Virgem Maria em Fátima, Portugal, foram a três pastorzinhos. Lúcia era a maior das videntes. Ela ingressou na vida religiosa com as Irmãs de Santa Doroteia, em Pontevedra, e logo uniu-se às Carmelitas em Coimbra, Portugal, até sua morte, em 13 de fevereiro de 2005.

 

Ir-Lucia-Fatima-Portugal-10.02.2021

Durante sua vida religiosa recebeu aparições nas quais a Santíssima Virgem lhe revelou:

A petição da Devoção de Reparação dos Cinco Primeiros Sábados do mês.

Recebeu visões e mensagens de Maria e Jesus, em várias ocasiões mais, ao longo de sua vida, incluídas as visões de 1925, que levaram às devoções dos Cinco Primeiros Sábados, que incluem rezar o rosário, receber a comunhão e a confissão, e a meditação durante o primeiro sábado de cinco meses consecutivos.

Nosso Senhor revelou a Lúcia o motivo dos Cinco Sábados de Reparação:

“Minha filha, o motivo é simples. Trata-se das 5 formas de ofensas e blasfêmias contra o Imaculado Coração de Maria”:

1- Contra sua Imaculada Conceição

2- Contra sua virgindade

3- Contra sua Divina Maternidade, recusando-se ao mesmo tempo a receber Maria como Mãe de toda a humanidade.

4- Contra aqueles que publicamente incutem e induzem indiferença, ódio e desprezo por nossa Mãe Imaculada no coração das crianças.

5- Contra aqueles que diretamente insultam ou ofendem suas imagens sagradas.

 

Este pedido em Fátima se confirma no Apostolado, através da Oração do Cenáculo de Oração.

 

A missão de permanecer no mundo para estabelecer a devoção ao seu Imaculado Coração.

Foi na Segunda Aparição, no dia 13 de junho, que Nossa Senhora pediu às crianças que rezassem o terço todos os dias. À Lúcia, deu-lhe a missão de permanecer no mundo para estabelecer a devoção ao seu Imaculado Coração. Ela prometeu a Lúcia: “Meu Imaculado Coração será teu refúgio e o caminho que te levará a Deus”.

Missão que ainda hoje, Maria Lucia de Jesus e do Coração Imaculado continua a realizar, acompanhando-nos como Padroeira no Apostolado.

 

A visão da Santíssima Trindade e o pedido de consagração da Rússia

Em junho de 1929, Lúcia, já religiosa, das Irmãs de Santa Dorotéia, descreve a seguinte aparição:

“… de repente, toda a Capela do convento se iluminou com uma luz sobrenatural, e uma Cruz de luz apareceu sobre o altar e atingiu o teto. Na superior via-se o rosto do homem e seu corpo até a cintura. Uma pomba de luz estava em seu peito, e pregado na Cruz havia outro homem.

Suspenso no ar, sobre sua cintura pude ver um cálice com uma grande Hóstia. Gotas de Sangue do rosto de Jesus Crucificado e Seu lado traspassado, caíam no cálice, pingando da Hóstia. Sob o braço direito da Cruz estava Nossa Senhora.

Era Nossa Senhora de Fátima, com o seu Imaculado Coração na mão esquerda, sem espinhos nem rosas. Mas com uma coroa de espinhos e chamas. Abaixo do braço esquerdo da Cruz, letras grandes, parecidas a águas cristalinas, desciam até o altar formando estas palavras: Graça e Misericórdia.

Lúcia disse: “Compreendi que era o mistério da Santíssima Trindade que me foi revelado. E percebi uma luz interior sobre este mistério, que não posso revelar. A Santíssima Virgem me disse: “Chegou a hora em que Deus pede ao Santo Padre, que em união com todos os bispos do mundo se faça a consagração da Rússia ao meu Coração. Prometo a salvação por este meio. Impedir a propagação do erro e fazer avançar a sua conversão”.

 

A esta visão se refere o Coração Doloroso e Imaculado de Maria no Chamado de Amor de 11 de fevereiro de 2019:

11 de fevereiro de 2019 – Chamado de Amor e Conversão do Coração Doloroso e Imaculado de Maria

“À Irmã Lúcia de Fátima foi apresentada uma visão: a Santíssima Trindade com o meu Filho crucificado, e do seu lado brotavam as palavras ‘Graça e Misericórdia’. Essas palavras, formadas com água cristalina, trouxe-as para meu jardim, abençoando a fonte da graça e da misericórdia, para a cura da alma e do corpo dos meus filhos.”

 

Carmen-s-Jesus
DeusPai-NSra-Jesus-graça-miwericordia

Os Pastorzinhos de Fátima, Padroeiros do Apostolado

 

Lucia-Jacinta-Francisco

Fátima é a chave para compreender o Apostolado.

O Apostolado é uma continuação de Fátima. E recordemos que no dia 12 de outubro de 2014, Nossa Senhora disse: “Em Fátima, foi revelado o Grande Mistério do meu Amor, Meu Doloroso e Imaculado Coração”.

Nessa ocasião, Nossa Senhora deu às crianças outra visão de Deus, e lhes revelou Seu Imaculado Coração, cercado de espinhos, indignado com os pecados da humanidade e buscando reparação para eles.

Em 1967, a Irmã Maria Lúcia viajou a Fátima para celebrar o 50º aniversário das aparições, celebração presidida pelo Papa Paulo VI. Ela retornou em 1982, quando o Papa João Paulo II foi ao Santuário, em 13 de maio daquele ano, para agradecer a salvação de sua vida durante a tentativa de assassinato de 13 de maio de 1981. Novamente, quando o Papa chegou lá em 1991, e finalmente, em 2000, para a beatificação de Jacinta e Francisco.

 

Lucia-Fatima-Papa-JPII-13.02.2021

Em 13 de fevereiro de 2005, Irmã Maria Lúcia sucumbiu às enfermidades da velhice. Irmã Maria Lucia foi sepultada no convento das Carmelitas de Coimbra.

Cumprindo o seu desejo de ser sepultada no convento durante um ano, antes de ser transferida para Fátima, o ataúde da Irmã Maria Lucia foi trasladado em Fevereiro de 2006, e encontra-se agora enterrado na Basílica de Fátima, junto ao túmulo dos seus primos: Santa Jacinta e São Francisco Marto.

 

Ir-Lucia-menina-10.02.2021

 

Em 13 de fevereiro de 2017, a Irmã Maria Lúcia recebeu o título de Serva de Deus, como o primeiro grande passo para sua canonização. 

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: