Chamado de Amor de Maria

26.02.2022 – Coração Doloroso e Imaculado de Maria: “Quem escuta nossos Últimos Chamados de Amor e de Conversão, quem escuta os nossos Coração Unidos, não será confundido. Decidam-se verdadeiramente por meu Apostolado, e tomem com seriedade nossos Chamados de Amor.”

26 de fevereiro de 2022 – CHAMADO DE AMOR E  CONVERSÃO DO CORAÇÃO DOLOROSO E IMACULADO DE MARIA

 

Áudio da Mensagem – Voz de Manoel de Jesus:

 

Querido filho, pequeno nada de Nossos Sagrados Corações Unidos:

Já estão no tempo dos últimos avisos. Estes últimos avisos são nossos Chamados de Amor e de Conversão.

E estes Chamados de Amor e de Conversão, lhes estão sendo entregues pelas Duas Testemunhas. Estas Duas Testemunhas simbolicamente representadas em Enoc, que significa “a Lei” e em Elias, que significa “a profecia”.

Eles são prefiguração das Duas Testemunhas do Pai: a Mulher Vestida de Sol, que é meu Doloroso e Imaculado Coração, e o Cordeiro que se manifesta com Gloria, que é o Sagrado Coração Eucarístico de meu Filho Jesus.

Nossos Dois Corações são as Testemunhas deste Fim dos Tempos.

Os homens devem escutar-nos:

  • Porque a desobediência e a indiferença aos Nossos Chamados de Amor e de Conversão Causa na criação, dor.
  • Porque queremos chamar o homem ao arrependimento, a uma mudança de vida, e à Consagração Total.

Mas o espirito de Satanás confunde o coração dos homens.

Por isso, filhinhos, quem escuta nossos Últimos Chamados de Amor e de Conversão, quem escuta os nossos Coração Unidos, não será confundido.

Filhinho meu: para ti, Jesus compartilhou os tesouros da Cruz: Três espinhos místicos em tua cabeça. Nossos Dois Sagrados Corações encarnados no teu, em teu pobre e pequeno coração, e as doces dores de Jesus na Cruz, em ti.

Tua agonia espiritual, tua crucifixão com o Crucificado, segue oferecendo-a com amor pelo Santo Padre, por meus filhos sacerdotes, pela conversão do mundo.

Quero dizer a todos meus filhos: decidam-se verdadeiramente por meu Apostolado, e tomem com seriedade nossos Chamados de Amor.

Vivam nossos Chamados.

Meditem no Capítulo 29 do Livro do Gênesis.

Dou-lhes minha Bênção Maternal: Em Nome do Pai, e do Filho, e do Espirito Santo. Amém.

 

Capítulo 29 do Livro do Gênesis – Bíblia de Jerusalém

Jacó chega à casa de Labão — 

1 Jacó se pôs a caminho e foi para a terra dos filhos do Oriente. 2 E eis que viu um poço no campo, junto ao qual estavam deitados três rebanhos de ovelhas: era neste poço que se dava de beber aos rebanhos, mas a pedra que tapava a sua boca era grande. 3 Quando todos os rebanhos estavam lá reunidos, removia- se a pedra da boca do poço, dava-se de beber aos rebanhos, depois recolocava-se a pedra no mesmo lugar, na boca do poço. 4 Jacó perguntou aos pastores: “Meus irmãos, de onde sois vós?” E eles responderam: “Nós somos de Harã.” 5 Ele lhes disse: “Conheceis a Labão, filho de Nacor?” — “Nós o conhecemos,” responderam eles. 6 Ele lhes perguntou: “Ele vai bem?” Responderam: “Ele vai bem, e eis justamente sua filha Raquel que vem com o rebanho.” 7 Jacó disse: “É ainda pleno dia, não é o momento de recolher o rebanho. Dai de beber aos animais e retornai à pastagem.” 8 Mas eles responderam: “Não podemos fazê-lo antes que se reúnam todos os rebanhos e que se retire a pedra da boca do poço; então nós daremos de beber aos animais”. 9 Conversava ainda com eles quando chegou Raquel com o rebanho do seu pai, pois era pastora. 10 Logo que Jacó viu Raquel, a filha de seu tio Labão, e o rebanho de seu tio Labão, aproximou-se, retirou a pedra da boca do poço e deu de beber ao rebanho de seu tio. 11 Jacó deu um beijo em Raquel e depois caiu em soluços. 12 Contou a Raquel que ele era parente de seu pai e filho de Rebeca, e ela correu para informar ao pai. 13 Ouvindo que se tratava de Jacó, filho de sua irmã, Labão correu ao seu encontro, apertou-o em seus braços, cobriu-o de beijos e o conduziu para sua casa. E Jacó lhe contou toda essa história. 14 Então Labão lhe disse: “Sim, tu és de meus ossos e de minha carne!” E Jacó ficou com ele um mês inteiro. 

Os dois casamentos de Jacó — 

15 Então Labão disse a Jacó: “Por seres meu parente, irás servir-me de graça? Indica-me qual deve ser teu salário.” 16 Ora, Labão tinha duas filhas: a mais velha se chamava Lia e a mais nova, Raquel. 17 Os olhos de Lia eram ternos, mas Raquel tinha um belo porte e belo rosto 18 e Jacó amou Raquel. Ele respondeu: “Eu te servirei sete anos por Raquel, tua filha mais nova.” 19 Labão disse: “Melhor dá-la a ti do que a um estrangeiro; fica comigo.” 20 Jacó serviu então, por Raquel, durante sete anos, que lhe pareceram alguns dias, de tal modo ele a amava. 21 Depois Jacó disse a Labão: “Dá-me minha mulher, pois venceu o prazo, e que eu viva com ela!” 22 Labão reuniu todos os homens do lugar e deu um banquete. 23 Mas eis que de noite ele tomou sua filha Lia e a conduziu a Jacó; e este uniu-se a ela! — 24 Labão deu sua serva Zelfa como serva à sua filha Lia. — 25 Chegou a manhã, e eis que era Lia! Jacó disse a Labão: “Que me fizeste? Não foi por Raquel que eu servi em tua casa? Por que me enganaste?” 26 Labão respondeu: “Não é uso em nossa região casar-se a mais nova antes da mais velha. 27 Mas acaba esta semana de núpcias e te darei também a outra como prêmio pelo serviço que farás em minha casa durante outros sete anos.” 28 Jacó fez assim: acabou essa semana de núpcias e Labão lhe deu sua filha Raquel como mulher. — 29 Labão deu sua serva Bala como serva à sua filha Raquel. — 30 Jacó uniu-se também a Raquel e amou Raquel mais do que a Lia; ele serviu na casa de seu tio ainda outros sete anos. 

Os filhos de Jacó — 

31 Iahweh viu que Lia não era amada e ele a tornou fecunda, enquanto Raquel permanecia estéril. 32 Lia concebeu e deu à luz um filho, que chamou de Rúben, pois, disse ela, “Iahweh viu minha aflição; agora meu marido me amará.” 33 Concebeu ainda e deu à luz um filho; disse: “Iahweh ouviu que eu não era amada e me deu também este;” e ela o chamou de Simeão. 34 Concebeu ainda e deu à luz um filho; disse: “Desta vez meu marido se unirá a mim, porque lhe dei três filhos,” e ela o chamou de Levi. 35 Concebeu ainda e deu à luz um filho; disse: “Desta vez, darei glória a Iahweh”; é por isso que ela o chamou de Judá. Depois deixou de gerar filhos. a

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: