Chamado de Amor e de Conversão do Arcanjo São Miguel

29.03.2022 – Arcanjo São Miguel: “Almas: Devem reconhecer que já estão dentro do tempo dos últimos Chamados de Amor e Conversão. Estes últimos Chamados são os gritos que brotam do Coração de Nossa Senhora, a Mulher Vestida de Sol.”

Icone-Arcanjo-SMiguel-pt-29.10.2020

 

29 de março de 2022 – CHAMADO DE AMOR E CONVERSÃO DO ARCANJO SÃO MIGUEL

 

Áudio da Mebnsagem – Voz de Manoel de Jesus:

 

Louvado seja o Sagrado Coração Eucarístico de Jesus!

Almas:

Devem reconhecer que já estão dentro do tempo dos últimos Chamados de Amor e Conversão. Estes últimos Chamados são os gritos que brotam do Coração de Nossa Senhora, a Mulher Vestida de Sol. Chamados com os quais Nossa Senhora quer guiar o povo de Deus e a humanidade inteira ao Coração Eucarístico de seu Divino Filho.

Lendo e orando com os Chamados de Amor e Conversão, podem compreender que já estão na era do Grande Sinal da Mulher Vestida de Sol. 

Esta grande era começou com a manifestação do Coração Doloroso e Imaculado que, com o Apostolado, vem reunir seu katejon [Ver Nota abaixo], seu Exército.

Eu, o Arcanjo São Miguel, membro deste katejon dos Sagrados Corações Unidos de Jesus e Maria, os abençoo.

Meditem no Capítulo 42 do Livro de Gênesis.

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. 

**********

Nota – “obstáculo” (grego kate-jon) – O termo grego katejon é o particípio presente do verbo katecho (katecho)

– κατέχω – lê-se: [katechô] – do grego: κατά [katá] y ἔχω [echô]: reter com firmeza, manter, guardar, deter, suprimir, impedir, conter, restringir, ocupar, cobrir, ocultar, esconder, limitar, controlar.

(Fonte: Diccionario Griego del Nuevo Testamento 

 

Capítulo 42 do Livro de Gênesis – Bíblia de Jerusalém

Primeiro encontro de José com seus irmãos

— 1 Jacó, vendo que havia mantimento à venda no Egito, disse a seus filhos: “Por que estais aí a olhar uns para os outros? 2 Eu soube,” disse-lhes, “que há mantimento para vender no Egito. Descei e comprai mantimento para nós, a fim de que vivamos e não morramos.” 3 Dez dos irmãos de José desceram, pois, ao Egito para comprar trigo. 4 Quanto a Benjamim, o irmão de José, Jacó não o enviou com os outros: “Não convém,” disse para consigo, “que lhe suceda alguma desgraça.” 5 Foram, pois, os filhos de Israel comprar mantimento, misturados com outros forasteiros, porque a fome assolava a terra de Canaã. 6 José — ele tinha autoridade na terra — era quem vendia o mantimento a todo o povo da terra. Os irmãos de José chegaram e se prostraram diante dele, com a face por terra. 7 Logo que José viu seus irmãos ele os reconheceu, mas fingiu ser estrangeiro para eles e lhes falou duramente. Perguntou-lhes: “De onde vindes?” E eles responderam: “Da terra de Canaã, para comprar víveres.” 8 Assim José reconheceu seus irmãos, mas eles não o reconheceram. 9 José se lembrou dos sonhos que tivera a seu respeito e lhes disse: “Vós sois espiões! É para reconhecer os pontos fracos da terra que viestes.” 10 Eles protestaram: “Não, meu senhor! Teus servos vieram para comprar víveres. 11 Somos todos filhos de um mesmo homem, somos sinceros, teus servos não são espiões.” 12 Mas ele lhes disse: “Não! Foi para ver os pontos fracos da terra que viestes.” 13 Eles responderam: “Teus servos eram doze irmãos, nós somos filhos de um mesmo homem, na terra de Canaã: o mais novo está agora com nosso pai e há um que não mais existe.” 14 José retomou: “É como eu vos disse: vós sois espiões! 15Eis como sereis provados: pela vida do Faraó, não partireis daqui sem que primeiro venha o vosso irmão mais novo! 16 Enviai um de vós para buscar vosso irmão; os demais ficam prisioneiros. Provareis vossas palavras e se verá se a verdade está convosco ou não. Se não, pela vida do Faraó, sois espiões.” 17 E pôs a todos na prisão por três dias. 18 No terceiro dia, José lhes disse: “Eis o que fareis para terdes salva a vida, pois eu temo a Deus: 19 se sois sinceros, que um de vossos irmãos fique detido na vossa prisão; quanto aos demais, parti levando o mantimento de que vossasA Bíblia de Jerusalém famílias necessitam. 20 Trazei-me vosso irmão mais novo: assim vossas palavras serão verificadas e não morrereis.” — Assim fizeram eles. — 21 Eles disseram uns aos outros: “Em verdade, expiamos o que fizemos a nosso irmão: vimos a aflição de sua alma, quando ele nos pedia graça, e não o ouvimos. Por isso nos veio esta aflição.” 22 Rúben lhes respondeu: “Não vos disse para não cometerdes falta contra o menino? Mas vós não me ouvistes e eis que se nos pede conta de seu sangue.” 23 Eles não sabiam que José os compreendia, porque, entre José e eles estava o intérprete. 24 Então se afastou deles e chorou. Depois voltou para eles e lhes falou; tomou dentre eles a Simeão e o algemou sob seus olhos.

Retorno dos filhos de Jacó a Canaã

— 25 José deu ordem de encher de trigo suas sacas, de restituir o dinheiro de cada um em sua bolsa e lhes dar provisões para o caminho. E assim lhes foi feito. 26 Eles carregaram o mantimento sobre seus jumentos e se foram. 27  Mas quando um deles, de noite, no acampamento, abriu a saca de trigo para dar forragem a seu jumento, viu que seu dinheiro estava na boca da saca de trigo. 28 Ele disse a seus irmãos: “Devolveram o meu dinheiro, eis que está na minha saca de trigo!” Então desfaleceu-lhes o coração e se entreolharam tremendo e disseram: “Que é isto que Deus nos fez?” 29 Voltando para a casa de Jacó, na terra de Canaã, contaram-lhe tudo o que lhes sucedera. 30 “O homem que é senhor da terra,” disseram eles, “nos falou duramente e nos tomou por espiões da terra. 31 Nós lhe disse mos: ‘Somos sinceros, não somos espiões: 32 nós éramos doze irmãos, filhos de um mesmo pai; um de nós não existe mais e o mais novo está agora com nosso pai, na terra de Canaã’. 33 Mas o homem que é senhor do país nos respondeu: ‘Eis como saberei se sois sinceros: deixai comigo um de vossos irmãos, tomai o mantimento de que necessitam vossas famílias e parti; 34 mas trazei-me vosso irmão mais jovem e saberei que não sois espiões, mas que sois sinceros. Então eu vos devolverei vosso irmão e podereis circular na terra.’ ” 35  Quando eles esvaziavam suas sacas, eis que cada qual tinha em sua saca a bolsa de dinheiro, e quando eles viram suas bolsas de dinheiro tiveram medo, eles e seu pai. 36Então seu pai Jacó lhes disse: “Vós me privais de meus filhos: José não existe mais, Simeão não existe mais e quereis tomar Benjamim: é sobre mim que tudo isso recai!” 37 Mas Rúben disse a seu pai: “Mata os meus dois filhos se eu to não restituir. Entrega-mo e eu to trarei de volta!” 38 Mas ele retrucou: “Meu filho não descerá convosco: seu irmão morreu e ele ficou só. Se lhe suceder desgraça na viagem que ireis fazer, na aflição faríeis descer minhas cãs ao Xeol.” 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: